Chuli Alemãozinho Haas

Este pequeno guerreiro tem apenas dois meses e uma história de vida de emocionar qualquer um. Ele virou até nome de ONG de proteção de animais!

Chuli foi resgatado em Xangri-lá pela Márcia Koakoski, que encontrou sua mãezinha morta, o Chuli e seus irmãozinhos. Alimentou-os cuidadosamente e deu todo o amor do mundo para que os pequenos sobrevivessem. Um dos maninhos do Chuli, todavia, mamava no pênis do pequeno mano, e isso acabou obstruindo este órgão genital do gatito.

Então, ele foi trazido pela Chatterie por Márcia, hoje sua dinda, e o Dr. Tobias examinou-o, e percebeu que a uretrostomia (cirurgia para desobstrução) seria muito arriscada, devido a pouca idade do pequeno. Então, o veterinário fez um desvio da bexiga para a barriga do Chuli que urina por ali – ao menos até completar sete meses e fazer sua uretrostomia.

Claro que, durante todo este processo, Rochana foi ficando mais e mais apaixonada e uma das veterinárias ainda comentou como o filhote era parecido com Haas, gato da vet que já virou estrelinha… Depois de conversar com o Tobias, Rochana pediu se poderia adotá-lo… Desde então, a Chatterie inteira está apaixonada e a vet anda que é só suspiros pelo seu pequenino guerreiro amarelo…